Distribuição de Água Tratada

Fornecimento de água tratada, sem interrupção, para 100% dos domicílios. Para chegar lá é preciso combater o desperdício e as ligações clandestinas.

Água de qualidade chegando pela torneira em todas as casas é o objetivo do Projeto Distribuição de Água Tratada. A administração municipal já trabalha com afinco para ofertar um serviço de excelência à sociedade. Entretanto, para tornar mais eficiente o caminho da água até os imóveis é necessário combater o desperdício.

ICONES-INTERNA-DISTRIBUIÇÃO-DE-ÁGUA-TRATADA

Gerenciar melhor a distribuição, evitar interrupção do abastecimento e fazer campanha sobre a importância do consumo consciente estão entre as ações voltadas para garantir o acesso de água tratada a toda população. Afinal, água é vital para a saúde, mas quando consumida em condições impróprias é responsável por uma série de doenças.

A proporção de domicílios em Niterói que recebe água encanada da rede geral de distribuição é de 92,7%  (dados de 2010). Para atingir a meta de 99%, em 2016 e 100%, em 2033, a Prefeitura e a Concessionária Águas de Niterói estão investindo na troca das tubulações antigas, rachadas e com vazamento, por novas. Também estão combatendo as fraudes e regularizando as ligações clandestinas. O resultado é que os domicílios que antes recebiam água amarelada, proveniente de poços artesianos, hoje vê um líquido cristalino saindo das torneiras.

Por outro lado, segundo o Sistema Nacional de Informações de Saneamento (SNIS), do Ministério das Cidades, a distribuição de água na cidade apresentava 20% de desperdício dos recursos hídricos (2012). Para acabar com o esbanjamento, a Prefeitura vai intensificar a fiscalização nos vazamentos, tanto os visíveis nas ruas, quanto os que ocorrem sob o solo.

O desperdício de água na cidade acaba fazendo com que se retire maior volume dos mananciais. Essa manobra põe em risco o abastecimento da população em momentos de estresse hídrico, como as temporadas de seca.

  • Agua 1
    Agua 5